Sobre o Uol Edtech

No UOL EdTech, acreditamos que O Futuro da Educação é Digital

O UOL EdTech é a empresa de tecnologia para educação do Grupo UOL – a maior empresa brasileira de conteúdo, tecnologia, serviços e meios de pagamentos digitais.

Criada em 2013 com o objetivo de digitalizar a oferta de programas de formação nas instituições de ensino e nas empresas, o UOL EdTech desenvolve plataformas tecnológicas e experiências de aprendizagem digitais para as principais soluções de educação corporativa e para os projetos mais inovadores de pós-graduação e MBA 100% on-line do país.

Estamos no momento da maior transformação no ensino superior dos últimos 100 anos, com forte expansão da oferta de programas de formação 100% on-line. Além disso, vivemos um contexto de transformação digital em todos os setores de negócios, e isso tem transformado o trabalho e o desenvolvimento de carreiras nas empresas, com a necessidade de profissionais que sejam lifelong learners.

Acreditamos no potencial da tecnologia para transformar a educação, oferecendo aos alunos e profissionais em formação uma experiência de aprendizagem digital à altura dos desafios de aprendizagem constante de um mundo digital.

O Futuro da Educação é Digital

No UOL EdTech, estamos repensando a educação a partir da adoção de novas tecnologias e metodologias para aprendizagem. Hoje vivemos conectados, on-line. Novos conhecimentos estão cada vez mais próximos e acessíveis. A escola não é só uma instituição de tijolo e cimento, mas um aplicativo no seu smartphone. A educação digital conecta todo um ecossistema de alunos, professores, conteúdo acadêmico, projetos e experimentos educacionais, instituições de ensino, empresas e mercado de trabalho.

É tempo de reimaginar a forma como aprendemos e ensinamos ao longo da vida. 

A Escola Digital_

Escola Digital, que deixa de ser uma universidade de tijolo e cimento, e passa a estar também na internet, em um app, nas redes sociais, conectando conhecimento, professores, aluno e comunidade.

O Professor Digital_

Professor Digital, que deixa de ser a única via de conhecimento, e passa a ser um guia pelo mundo digital, um curador de conhecimentos, um influenciador da aprendizagem.

O Aluno Digital_

Aluno Digital, que deixa de ser invisível na sala de aula abarrotada de alunos e passa a ser único. E toda a experiência de aprendizagem passa a girar em torno de seus desejos e necessidades. 

A Aula Digital_

Aula Digital, que deixa de ser aquela aula da era industrial, que formata pessoas pasteurizadas, para ser uma aula interativa, tecnológica, em que o aluno estuda no seu próprio tempo, faz projetos e se conecta com colegas e professores onde quer que eles estejam.

O Estudo Digital_

O Estudo Digital, que deixa de ser voltado para passar num exame, e passa a ser centrado nas motivações pessoais do aluno, no seu engajamento com o assunto e na sua jornada individual de aprendizagem. O estudo digital é como entrar na toca do coelho de Alice, e descobrir todo um novo universo. 

Aprendizagem ao Longo da Vida_

Aprendizagem Ao Longo da Vida (Lifelong Learning) que é o mindset de que estudar não é só até se formar e conseguir um trabalho, mas que é um hábito que devemos cultivar por toda a vida.

A Carreira Digital_

A Carreira na Economia Digital, que por ser mais fluida e incerta, precisa ser baseada em propósito, em projetos e realizações. Para desenvolver uma carreira em um contexto de constantes transformações é preciso flexibilidade e dinamismo para adquirir novos conhecimentos conforme as mudanças acontecem.

O Trabalho Digital_

O Trabalho Digital, que é cada vez mais colaborativo, interdisciplinar, multicultural, baseado em redes de pessoas conectadas, sem limitações físicas ou geográficas. Para trabalhar neste novo contexto precisamos aprender uma série de novas habilidades. 

A Pedagogia Digital_

A Ciência da Aprendizagem, que vem evoluindo dos modelos tradicionais pedagógicos para outros baseados em dados, em neurociência, em uma nova pedagogia para o mundo digital.

O Sucesso do Aluno_

O Sucesso do Aluno, que deixa de se basear em diplomas e certificados, e passa a se basear na capacidade de aplicação dos conhecimentos adquiridos, no potencial de aprendizagem contínua e adaptação a novos cenários.